quarta-feira, março 10, 2010

Palavras inteligentes. É, de fato, inteligente.


Olhar sério, compenetrado. Palavras inteligentes, gestos inteligentes. Tudo parece sempre de uma superioridade inalcançável.

Uma mente capaz de guardar cada acontecimento ocorrido a cada ser vivo que por esta terra já passou.

Eu, porém, não presto atenção no que diz. Fico pasma olhando, admirando.

Nos meus pensamentos imagino coisas, crio situações, teço finais felizes. Na minha mente fértil ele é meu e
ao mesmo tempo não é. Gosto de ver livre, mas sabendo que possuo. Na minha imaginação eu o conheço,
eu sou capaz de prever cada palavra e cada gesto. Esses, voltados para mim e unicamente em prol de mim.

E no meio desses devaneios, um olhar diferente. Sorriso doce no canto da boca me faz despertar.

2 comentários:

  1. Sorrisos e olhares são dois silêncios gritantes...

    ResponderExcluir
  2. Que dizem mais do que mil palavras juntas...

    ResponderExcluir